Doenças causadas pelo cigarro, fumar vai provavelmente te matar, mas antes disso é possível que experimente algumas doenças terríveis,  vou descrever as 7 piores doenças causadas pelo cigarro e que levam a morte.

 

O cigarro mata 200 mil pessoas por ano no Brasil, impressionante né? Tenho certeza que você tem mais medo de sofrer um acidente de carro não mesmo? Pois é, acidente de carro mata 40 mil pessoas por ano no Brasil, um número muito inferior. Reveja seus medos.

A primeira doença causada pelo cigarro é:

1º – Infarto ou doença cardiovascular

Responsável por 70 mil mortes por ano no Brasil, segundo o ministério da saúde, a cada 2

minutos uma pessoa morre de doença cardiovascular e estima-se que seja uma pessoa por minuto até 2040 é considerada a principal causa de morte devido ao tabagismo.

O infarto agudo do miocárdio (popularmente chamado de ataque do coração ou ataque cardíaco) ocorre devido à uma obstrução da artéria que vasculariza o coração, chamada de artéria coronária. O resultado desta oclusão é a morte do tecido do coração (necrose isquêmica), uma vez que este não é mais irrigado, mais “alimentado” com sangue rico em oxigênio. Quando uma pequena parte do coração é atingida, pode-se estabelecer uma insuficiência cardíaca. Por outro lado, se a necrose for significativa, ocorre uma parada cardíaca, muitas vezes fatal.

Os sintomas de um enfarto do coração, a dor do infarto pode ser típica ou atípica. A dor típica tem como características ser no meio do peito, em aperto, espalhando para o braço esquerdo, acompanhada de sudorese, náusea e palidez cutânea. Casos de dor atípica podem ser mais difíceis de caracterizar. Em geral se diz que a dor do enfarto pode se alojar em qualquer local entre o lábio inferior e a cicatriz umbilical. As características do enfarto em mulheres são muito menos típicas, com queixas de queimação ou agulhadas no peito ou ainda falta de ar sem dor. Qualquer dor nessas regiões que se mantêm por mais de 20 minutos deve ser investigada e considerada doença grave.

2º – Câncer do pulmão

O câncer do pulmão é o que mais mata pessoas comparado aos outros tipos de cânceres, o cigarro é o fator de risco número um para câncer de pulmão; É responsável por 87% das mortes por câncer de pulmão. Sua chance de estar vivo cinco anos depois de ser diagnosticado é inferior a 1 em cada 5. Em todo o mundo, o câncer de pulmão é a causa de morte provocada por algum tipo de câncer mais comum, em homens e em mulheres, e, em 2008, foi responsável por 1,37 milhão de mortes.

3º –  Acidente vascular encefálico

O fumo duplica os riscos de AVE porque causa endurecimento (arteriosclerose) das paredes das artérias e faz com que o sangue fique mais propenso a coagular. Isso aumenta o risco de AVE.

O acidente vascular encefálico (AVE), também conhecido como acidente vascular cerebral (AVC) ou derrame cerebral, é a interrupção brusca do fluxo de sangue para alguma região do cérebro, o que causa sintomas como paralisia de parte do corpo, dificuldade para falar, desmaio, tontura e dor de cabeça, dependendo do local afetado.

4º – Asma

O tabagismo apresenta diversos efeitos nocivos sobre nossa saúde, não importando ser um tabagismo ativo ou passivo. Os pulmões são os mais atingidos e os asmáticos devem obrigatoriamente abandonar o vício, a fim de evitar uma progressão de forma acelerada da doença.
Além disso, o hábito de fumar promove o desenvolvimento de asma tanto na pessoa fumante quanto nos filhos não fumantes.

5º – Diabetes

Em um relatório especial do Centers for Disease Control and Prevention, dos Estados Unidos, o qual trouxe novas informações que sugerem que o tabagismo não é apenas maléfico para o diabetes mas, também, atua como um fator causal para o desenvolvimento do diabetes.

Esta nova informação deriva de uma metanálise de 24 estudos prospectivos, abrangendo 3,9 milhões de indivíduos, que não apresentavam diabetes no início da observação. O estudo indicou que os fumantes ativos têm um risco de 30% a 40% maior para desenvolver DM2 em comparação com os não fumantes.

6º – Cegueira, catarata e degeneração macular relacionada com a idade

O hábito de fumar aumenta em pelo menos duas vezes o risco de desenvolver catarata e degeneração macular relacionada à idade – duas das doenças que mais causam cegueira no mundo.

Estudos também indicam que o tabagismo contribui para o agravamento do glaucoma e é um dos principais fatores de risco da doença de Graves, alteração muscular ao redor dos olhos relacionada ao funcionamento da glândula da tireóide, que pode até ocasionar a perda do globo ocular.

7º Mais de 10 outros tipos de câncer, incluindo câncer de cólon, colo do útero, fígado, estômago e câncer de pâncreas

Basicamente, todos os cânceres. Para pacientes com câncer e sobreviventes, aqueles que fumam são mais propensos a desenvolver um segundo câncer primário. E agora sabemos que o tabagismo causa pelo menos uma dúzia de cânceres , incluindo fígado e colorretal, e reduz as taxas de sobrevivência para pacientes com câncer de próstata.

Vou listar abaixo mais algumas doenças causadas pelo cigarro:

  • Bebês prematuros de baixo peso
  • Efeitos reprodutivos em mulheres
  • Impotência sexual nos homens
  • DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica)
  • Doenças reumáticas
  • Úlceras gástricas
  • Alterações da memória
  • Complicações na gravidez
  • Câncer de bexiga
  • Câncer de boca;
  • Câncer de laringe;
  • Câncer de estômago;
  • Mama;
  • Colo do útero;
  • Leucemia.
  • Doença de Alzheimer.
  • Aneurisma da artéria aorta.
  • Aneurisma cerebral.
  • Artrite reumatóide.

Enfim são muitas doenças e malefícios para a sua saúde e das pessoas que estão a sua volta e por isso eu criei um ebook inteiramente grátis onde ensino os 5 passos para parar de fumar, eu mesma fumei durante 17 anos da minha vida, depois de adquirir alguns conhecimentos e aplicá-los deixei de fumar em apenas 7 dias, sem sofrimento e de forma definitiva, e hoje me dedico a ensinar.

Você pode Baixar esse Ebook CLICANDO AQUI e aproveitar toda informação GRÁTIS…

Mais algumas doenças causadas pelo cigarro:

  • Asma brônquio.

  • AVC (derrame cerebral).

  • Bromidrose plantar (chulé).

  • Câncer de bexiga, boca, colo do útero, cólon, esôfago, estômago, laringe, língua, pâncreas, próstata, pulmão e rim.

  • Candidíase oral.

  • Candidíase vaginal.

  • Catarata.

  • Celulite.

  • Degeneração macular.

  • Diabetes mellitus.

  • Dismenorreia (cólicas menstruais).

  • Doença de Crohn.

  • DPOC – Bronquite e enfisema pulmonar.

  • Envelhecimento precoce.

  • Fratura do colo do fêmur.

  • Gangrena e amputações.

  • Gastrite.

  • Conglomeráticos.

  • Hemorróidas.

  • Hérnia de disco.

  • Hipertensão arterial.

  • Impotência sexual.
  • Incontinência urinária.

  • Infarto do miocárdio.

  • Infarto fulminante.

  • Infertilidade.

  • Insuficiência renal.

  • Insuficiência venosa e varizes dos membros inferiores.

  • Laringite.

  • Lesões odontológicas.

  • Leucemia.

  • Mau hálito.

  • Menopausa precoce.

  • Neuropatia óptica.

  • Osteoporose.

  • Pé diabético.

  • Perda da audição.

  • Pneumotórax.

  • Pneumonia.

  • Pólipos intestinais.

  • Psoríase.

  • Redução do paladar e do olfato.

  • Rinite alérgica.

  • Trombose venosa profunda.

  • Úlceras de estômago.

  • Úlceras na pele.

  • Vaginose bacteriana.